Estatuto da Diversidade Sexual


Você já faz parte deste ato de cidadania?

Assine a petição pública do Estatuto da Diversidade Sexual: http://bit.ly/IYDpuG

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Na Moral celebra união homoafetiva com direito a vestido de noiva e fortes emoções

“2012, século XXI, quem diria? A namorada tem namorada, a noiva tem noiva. Esse mundo está perdido? Ou esse mundo está só mudando?”. Com essas palavras, Pedro Bial abriu o último Na Moral, que celebrou a união civil de Aline e Simone. As noivas, que aguardavam por esse dia há 17 anos, tiveram direito a uma festa completa, do vestido de noiva aos convidados, passando por muita emoção.

A pequena Theodora, primeira criança a ser adotada por um casal homossexual no Brasil, foi a dama de honra, junto de outras duas crianças. O filho de Simone, que declarou no programa considerar Aline como um ‘verdadeiro pai’, conduziu a mãe ao altar. Durante a celebração, a Desembargadora Maria Berenice Dias caprichou no discurso: “Eu queria agradecer a vocês por essa coragem. Coragem de sonharem pelo amor, pela felicidade. Hoje vocês estão dando um passo muito importante para nós construirmos um Brasil mais cidadão, mais igual, mais livre”.

Durante a troca de alianças, muito emocionada, Simone não deixou de proferir uma frase típica de cerimônias de casamento: “Até que a morte nos separe”. Nos bastidores, Pedro Bial especulou: "É possível que a gente tenha acabado de gravar um programa histórico".

Perdeu o programa? Então assista!


Fonte: http://tvg.globo.com/programas/na-moral/O-Programa/noticia/2012/07/na-moral-celebra-uniao-gay-com-direito-vestido-de-noiva-e-fortes-emocoes.html